5.10.15

Modelo Generativo de Mediação


O processo de mediação de conflitos pode ser embasado em alguns modelos práticos, sendo que os mais conhecidos são o Tradicional (Escola de Harvard) e o Transformativo. Mas existem outras abordagens que podem auxiliar os mediadores, entre elas o Modelo Generativo, proposto pela psicóloga argentina Dora Fried Schnitman, que esteve em Porto Alegre junto com a mediadora Vania Curi Yazbek para falar sobre o tema, a convite do Programa de Encontros de Formação Continuada do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJRS e o Núcleo de Estudos em Mediação da Escola da AJURIS (ambos Coordenados pela Desembargadora Genacéia da Silva Alberton).

Dora é organizadora do livro "Novos Paradigmas em Mediação", livro cuja versão digital está disponível ao público e pode ser encontrada
aqui. A Perspectiva Generativa favorece o reconhecimento de recursos, valores e possibilidades frente aos desafios e problemas das pessoas que buscam a mediação. Seu objetivo é identificar oportunidades para criar e implementar opções viáveis. Mais informações sobre essa abordagem podem ser lidas aqui e aqui.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, mas esclarecemos desde já que comentários anônimos ou "spams" não serão publicados.