4.6.14

Curso Gratuito de Mediação Comunitária (à Distância)

Até o dia 19/06 estarão abertas as inscrições para o curso “Fundamentos da Mediação Comunitária”, que será promovido pela Escola Nacional de Mediação e pelo Centro de Educação à Distância da Universidade de Brasília – CEAD UnB. O curso, que é gratuito, tem como objetivo sensibilizar a comunidade em geral para a mediação comunitária, a partir da reflexão crítica sobre as limitações dos modelos adversariais. Será apresentada
proposta de transformação dos modelos relacionais em situações de conflito, o potencial transformador da atuação cooperativa e responsável em uma comunidade, bem como as possibilidades de satisfação dos seus participantes.

Serão oferecidas mil e quinhentas vagas, sendo que as equipes técnicas e voluntários de programas "Justiça Comunitária" com convênios vigentes com a Secretaria da Reforma do Judiciário com necessidade de formação terão as inscrições garantidas. Já o critério de seleção dos participantes para as demais vagas será o tempo de atuação comunitária. 

Para maiores informações e para fazer a inscrição, os interessados deverão acessar o site: http://moodle.cead.unb.br/enam/mod/book/view.php?id=83&chapterid=87

4 comentários:

  1. Prezados Srs,
    É de vital importância a divulgação da mediação nas comunidades, para que a cultura fundamentada no litígio se extingua como modelo.
    Devemos entender que a mediação com o consequente acordo é a melhor maneira e única de uma convivência pacífica.
    Não podemos nos abrigar no litígio sob a forma de um convívio social armado e que saibamos como utilizar na mediação uma visão de paz, evitando tragédias.
    Para ganharmos uma causa não é necessário litígio.Podemos através da mediação conseguirmos dirimir conflitos para que possamos ter uma sociedade menos belicosa salvando famílias.

    ResponderExcluir
  2. Concordo. A mediação representa o respeito aos sentimentos, ao outro e a vida contínua.
    Daniela Gomes

    ResponderExcluir
  3. TEREZINHA LOPES ARARUNA6:47 PM

    Bem , a mediação veio para que possamos ouvir as partes integralmente , deixando-as a vontade , em interferência , e solução quem conclui são eles , e neste caso somos meros facilitadores para que as questoes trazidas na Mediação por eles (partes) seja favorável para ambas , sem ressentimentos . Acredito no avanço da Mediação , ja são empregados este tipo de Mediação em outros países do Mundo . Porque não avançar no nosso . Vamos a luta Mediadores , o auto conhecimento nos ajudar realização desses atos com precisão .

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, mas esclarecemos desde já que comentários anônimos ou "spams" não serão publicados.