17.4.11

Oportunidade única!

Chegou o momento de debater sobre a mediação no novo Código de Processo Civil (CPC)! Até o dia 12 de maio qualquer pessoa pode contribuir sobre os 1.007 artigos propostos no novo CPC, entre eles, os arts. 144 a 153, que tratam dos conciliadores e dos mediadores judiciais. A iniciativa, de acordo com o Ministério da Justiça, é produzir uma discussão aberta e democrática, qualificando o debate e ampliando a participação da sociedade na elaboração legislativa.

8.4.11

Uma pausa... Uma perda...

Rosemari Seewald no I Congresso Brasileiro de
Mediação Judicial
Às vezes temos que parar. Parar porque os acontecimentos inesperados nos chocam. Parar para refletir sobre a vida e sobre aqueles que já não estão entre nós. No dia 07/04 o Rio Grande do Sul perdeu uma de suas grandes mediadoras de conflitos, Rosemari Seewald, idealizadora da OSCIP Desatando Nós e Criando Laços. Abaixo, uma de suas mensagens preferidas:

6.4.11

I Congresso Mundial à Distância de Métodos Apropriados de Resolução de Conflitos


Ocorrerá nos dias 17 a 21 de março o I Congresso Mundial à Distância de Métodos Apropriados de Resolução de Conflitos. A proposta, vinda de uma comunidade virtual de língua espanhola, é gerar reflexões, formular perguntas que estimulem a pensar e redefinir os modelos e ferramentas que são utilizados na prevenção, gestão e transformação dos conflitos, como criadores de valor e facilitadores da paz na “era digital” (veja mais detalhes abaixo).

3.4.11

A mediação judicial e o novo Código de Processo Civil

Notícia veiculada na mídia afirmava que o governo iniciaria um debate público pela internet sobre a reforma do Código de Processo Civil (CPC) no final de março. O debate ainda não iniciou, mas todos os interessados em mediação e conciliação devem desde já ficar atentos, pois uma das mudanças propostas no novo CPC é a inclusão (oficial) dos mediadores e conciliadores como auxiliares da justiça e existem alguns dispositivos polêmicos a respeito. A fim de enriquecer o futuro debate online no site do Ministério da Justiça, do qual tenho certeza que todos os interessados leitores do blog Mediar Conflitos participarão, apresentaremos as principais propostas do Anteprojeto do novo CPC em relação à mediação.